Utilidade pública II

Se algum dia você estiver num trânsito caótico, no centro da cidade, num calor insuportável, e enxergar rolando no chão do seu carro uma garrafa pet cheinha de um líquido aparemente refrescante, pense bem antes de tomar. Pode ser o vanish natural que sua sogra preparou especialmente para deixar suas roupas branquíssimas. Meu amigo não pensou. Deu o maior golão.

– Amor, tomei algo estranho. O que tinha na garrafa pet que estava no carro?
– Putz, você não tomou? Como assim? Você tomou?
– Dei um puta golão. Tá muito calor. Acho que vou morrer.
– Amor, onde você tá?
– Tô no meio de um puta trânsito, ainda maior que o calor.
– Meu Deus, pára o carro! Tô indo praí.
– O que eu faço? Vomito?
–  É. Coloca o dedo na garganta. Força. Vomita aí.
– Tá, vem logo. Uaaaaaagh [qual a melhor onomatopéia para o vômito?]

Meu amigo vomitou duas vezes antes de ir ao hospital. Está bem, não aconteceu nada grave, mas ele fez a pior coisa de todas. Vomitar. Quando se ingere um produto de limpeza, geralmente se ingere algo muito ácido, que prejudica todos os órgãos do sistema digestivo. O vômito traz junto com o produto de limpeza outros líquidos ácidos produzidos pelo organismo. No caso do meu amigo, portanto, ele mandou ver no ácido quando tomou o vanish caseiro, depois fez o ácido fazer ida e volta no sistema digestivo duas vezes, com o plus da sua bile que de alcalina não tem nada.

Por isso, não gorfe duas vezes antes de pensar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: