Motivacional*

A existência como todas as possibilidades

A reinvenção dos limites, o transbordar do vértice

A licença poética para se vestir diferente

O desenho da vida como uma obra de arte

Pouco importa se real ou imaginário, ou se os dois ao mesmo tempo

O horizonte, o mergulho, o profundo

O óbvio da flor, o inusitado da flor

Não ter nenhum compromisso que não seja experimentar

Provar com sinceridade a beleza, a tristeza, o amor

Ficar sozinho, silenciar, ficar junto, silenciar

Sair por aí, sorrir sem querer, sorrir querendo

Chorar de alegria, chorar de dor

Descobrir prazeres, permitir descontroles, loucuras

O infinito de um instante

Ser livre

*Relato poesia pós palestra motivacional. Atibaia, 09 de novembro, 2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: