Chega primavera!

Aí um dia você acorda e não dói mais tanto toda hora. O coração passa de preto pra roxo querendo ficar da cor do seu vestido rosa cintilante, que um dia você vai usar para dançar com seu cabelo vermelho ao vento e a tatuagem nova da menina na lua. De repente o seu olhar no espelho não é mais de pedra, parece mais um diamante sem polimento com um pedacinho ali que já brilha até. No peito a vida parece mais bela que cruel e você resolve que quer amar de novo um dia e que as suas grandes bravatas dos últimos tempos sobre se fechar pra sempre são a maior bobagem que você já deixou escapulir, mas que não tem problema, fez parte do seu processo e tudo bem. Só que agora você quer cantar, dançar, gastar o sorriso sem cansar, encontrar um moço boa gente que te faça rir logo que você acorde, com um pouco de sonho e música na pele, alegria na alma, amor pra dar e receber e já está bem. Porque você não lembrava, mas nasceu dessas transbordadas de desejo e vontade, suspirada de encantos e cachoeirada de fé na vida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: