Archive for outubro \23\UTC 2014

outubro 23, 2014

Se um dia eu pudesse me fazer ouvir eu diria: fiquem em silêncio. Para escutar o vento. O barulho do sol. A força da nuvem, a planta brotando, o passarinho voando, a lua crescendo, a chuva fingindo que chega. O gato na espreita. A gente vivendo. Num canto sem música. Que ninguém nota.

Anúncios

Eu, por mim

outubro 23, 2014

Eu, por mim, vivia de amor e poesia
Banho de mar, pé na estrada
Beijo, flor, beija-flor!
Céu de estrela, escalada

Eu, por mim, passava o dia cantando
A noite com lua, pão e vinho
Futuro em rumo aberto
Presente passarinho

Eu, por mim, perdia de vez o juizo
Virava gota, rio, onda, cachoeira
Vento forte, tempestade
Cambalhota, bananeira

Eu, por mim, tinha asas e cílios azuis
Olhos por todo canto
Pele em suspiro de música
Alma nascida de tanto

Eu, por mim, era isso ou aquilo
Poema, amor, asa colorida
Manhã azul royal
Palavra tocando vida