Se um dia eu pudesse me fazer ouvir eu diria: fiquem em silêncio. Para escutar o vento. O barulho do sol. A força da nuvem, a planta brotando, o passarinho voando, a lua crescendo, a chuva fingindo que chega. O gato na espreita. A gente vivendo. Num canto sem música. Que ninguém nota.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: