O gato e o buraco

Era uma vez um buraco
O buraco era fundo
O buraco era escuro
O buraco era frio
O buraco apertava
O buraco doía
O buraco sentia

Um dia chegou o gato
O gato era leve
O gato era ágil
O gato era alegre
O gato brincava
O gato miava
O gato sorria

O gato viu o buraco
Caiu leve no fundo
Alcançou logo o escuro
Chegou intenso no frio
Pateou com desprezo o aperto

Se machucou.
Miou.
Pulou.
Sumiu.

O buraco perdeu um pedaço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: